perolas da internet

sexta-feira, 22 de agosto de 2008 3 comentários
essa eu ñ podia deixar passar,
umas verdades sobre as canções que educam os brasileirinhos a se tornarem adultos perversos,,

postado originalmente por :
http://www.eduquenet.net/terrorinfancia.htm




....depois de uma frustrante busca por uma canção infantil
do folclore brasileiro que fosse positiva me deparei
com a seguinte situação:
O brasileiro tem é trauma de infância!!!! Trauma causado
pelas canções infantis.!!!!


Eu, um Brasileiro morando nos Estados Unidos da América, para ajudar no orçamento, estou fazendo "bico" de babá . Ao cuidar de uma das meninas uma vez cantei "Boi da cara preta" para ela, antes dela dormir. Ela adorou e essa passou a ser a música que ela sempre pedia para eu cantar ao colocá-la
para dormir.

Antes de adotarmos o "boi, boi, boi" como canção de ninar, a canção que cantávamos (em Inglês) dizia algo como:

Boa noite, linda menina, durma bem. Sonhos doces venham para você,
Sonhos doces por toda noite"... (Que lindo, né mesmo!?)

Eis que um dia Mary Helen me pergunta o que as palavras, da música "Boi da cara preta"
queriam dizer em Inglês:

Boi, boi, boi, boi da cara preta, pega essa menina que tem medo de careta...(???)
Como eu ia explicar para ela e dizer que, na verdade, a música "boi da cara preta" era uma
ameaça, era algo como "dorme logo, caralho, senão o boi vem te comer"?
Como explicar que eu estava tentando fazer com que ela dormisse com uma música que
incita um bovino de cor negra a pegar uma alva e cândida menina?

Claro, menti pra ela, mas comecei a pensar em outras canções infantis, pois não me sentiria
bem ameaçando aquela menina com um temível boi toda noite...
Que tal! "nana neném que a cuca vai pegar..."? Caramba!...Outra ameaça! ...e agora com um
ser ainda mais maligno que um boi preto!

Depois de uma frustrante busca por uma canção infantil do folclore brasileiro que fosse positiva
me deparei com a seguinte situação:

O brasileiro tem é trauma de infância!!!! Trauma causado pelas canções infantis.!!!!
Exemplificarei minha tese:

Atirei o pau no gato-to-to
Mas o gato-to-to não morreu-reu-reu
Dona Chica-ca-ca admirou-se-se
Do berrô, do berrô que o gato deu
Miaaau!

Para começar, esse clássico do cancioneiro infantil é uma demonstração clara de falta de
respeito aos animais (pobre gato) e incitação à violência e a crueldade.
Por que atirar o pau no gato, essa criatura tão indefesa?
E para acentuar a gravidade, ainda relata o sadismo dessa mulher sob a alcunha de "D.Chica".
Uma vergonha!

Eu sou pobre, pobre, pobre,
De marré, marré, marré.
Eu sou pobre, pobre, pobre,
De marré de si.
Eu sou rica, rica, rica,
De marré, marré, marré.
Eu sou rica, rica, rica,
De marré de si.

Colocar a realidade tão vergonhosa da desigualdade social em versos tão doces!!
É impossível não lembrar do amiguinho rico da infância com um carrinho fabuloso, de
controle remoto, e você brincando com seu carrinho de plástico.. Fala sério!!!

Vem cá, Bitu! vem cá, Bitu!
Vem cá, meu bem, vem cá!
Não vou lá! Não vou lá, Não vou lá!
Tenho medo de apanhar.

Quem foi o adulto sádico que criou essa rima? No mínimo ele espancava um pobre Bitú.....

e por ai vai..




3 comentários:

  • ◘Aline◘ disse...

    bom..
    só se for cláudia regina cover!
    hsuahushuahsuahsaus

    o meu nome está escrito ao lado de minha foto, cláudia regina foi um de meus trabalhos dramaticos no cinema coreano sabe.. huahuhaushauhsau

468x60

testee

tempo. pra que?

 

©Copyright 2011 Aula Psicodélica | TNB